sexta-feira, 16 de junho de 2017

FRAGMENTOS DO PASSADO







Pedaços de um pensamento que prendem
Fragmentos da noite escura que atordoam, 
Negros faróis, brilham na escuridão e acendem,
A chama que clareia e aciona o sinal da proa.
.
O doce sabor da fruta se mistura, na ilusão,
Que emplaca aventuras de um denso coração,
A polpa clara orbita atraindo as atenções,
A colheita fica farta e não cabe na minha mão.
.
A Lua bela e apaixonante, se acomoda paciente,
Se rende a um escuro inebriante, por alguns instantes,
Compreende a força da mente, enquanto aprende,
Que a claridade, as vezes dispersa o sono da gente.
.
Lindas e exuberantes cascatas, me causam insônia,
Fragmentos de água pura, refrescam minha face nua,
Sou escoltado por estrelas cintilantes aos reclames da lua,
E me encanto com a Flor-Rainha, que projeta a imagem tua.
.
O ambiente florido e caloroso na cor da neve se deleita,
Mãos que afagam, coração que transborda no sorriso inocente,
Fragmentos da noite densa que fazem morada na mente,
E uma curiosa lembrança, tardia que deixa o peito dormente.



Nenhum comentário: